quinta-feira, 18 de junho de 2009

Relatório - Oficina V - Estilo, Coerência e Coesão.


Todo dia de curso trabalhamos com uma dinâmica inicial e fazemos reflexões sobre a mesma. Geralmente está relacionada à nossa prática diária.
Explicamos os termos estilística, coesão e coerência. Os professores não tinham ouvido falar em estilística, mas tinham conhecimento de que se tratava. Após a parte teórica de cada termo, eles puderam perceber o quanto esses termos estão inseridos no dia-a-dia. Com a coesão e a coerência estão mais familiarizados, pois os elos de ligação e o sentido de frases, textos e a própria fala são sempre observados. Exemplo de incoerência feita propositalmente ou pelo não-conhecimento dos assuntos abordados.
- Eu gosto tanto de frango, mas tenho medo de gripe aviária.
-Ah, mas só dá na ásia responderam.
- Justo na parte que eu mais gosto? (retirado do jornal Folha de São Paulo).
A estilística está presente na música, na poesia, nas imagens, nas histórias...
Atividades práticas feitas durante o curso.
Música: Onde está o amor? Black Eyed Peas
O que há de errado com o mundo, mãe Pessoas vivendo como se eles não tivessem mãe Acho que o mundo todo se viciou no drama Somente atraído pelas coisas que irão lhe trazer traumas Estrangeiro, sim, nós tentamos parar o terrorismo Mas nós ainda temos terroristas vivendo aqui, Nos Estados Unidos, a grande CIA Mas se você somente tiver amor pela sua própria raça Então você apenas deixa espaço para a descriminação E discriminar gera somente ódio E quando você odeia então você está impelido a ficar irado sim Maldade é o que você demonstra E é exatamente assim que os raivosos trabalham e agem Neguinho, você tem que amar apenas para ser correto Tenha controle de sua mente e medite Deixe sua alma gravitar para o amor, todos vocês, todos vocês REFRÃO Pessoas matando, pessoas morrendo Crianças feridas e você pode ouvi-las chorando Você pode praticar o que você prega? E mudar sua personalidade Pai, pai, pai nos ajude Nos mande alguma orientação do céu Porque as pessoas me tem, elas me tem questionado Onde esta o amor? (Amor) Onde está o amor? ( O amor) Onde está o amor? ( O amor) Onde está o amor O amor, o amor Isso não é apenas o mesmo, sempre está mudando Nossos dias estão estranhos, o mundo está estranho Se amor e paz são tão fortes Porque as peças do amor não se encaixam? Nações lançando bombas, Gases quimicos enchendo nossos pulmões Com o progressivo sofrimento a juventude morre cedo Então pergunte a si mesmo, o amor realmente se foi? Então eu poderia perguntar a mim mesmo, o que realmente está errado? Neste mundo que nos vivemos as pessoas reprimem o altruismo Tomando decisões erradas, apenas visando seus lucros Não respeitando o próximo, negando seu irmão A guerra está acontecendo, mas as razões são secretas A verdade é mantida em segredo, varrida pra debaixo do tapete Se voce não conhece a verdade, então você não conhece o amor Onde está o amor, todos vocês, vamos lá (Eu não sei) Onde está o amor, todos vocês, vamos lá (Eu não sei) Onde esta o amor, todos vocês Pessoas matando, pessoas morrendo Crianças feridas e você pode ouvi-las chorando Você pode praticar o que você prega? E mudar sua personalidade Pai, pai, pai nos ajude Nos mande alguma orientação do céu Porque as pessoas me tem, elas me tem questionado Onde esta o amor? (Amor) Onde está o amor? ( O amor) Onde está o amor? ( O amor) Onde está o amor O amor, o amor Eu sinto o peso do mundo em meu ombro Estou ficando tão velho, todos vocês, pessoas frias Muitos de nós apenas preocupados em fazer dinheiro O egoísmo nos faz seguir nosso proprio caminho Informações erradas são sempre mostradas pela mídia Imagens negativas são os critérios principais Infectando rapidamente jovens mentes como bactéria Crianças agem como o que veêm no cinema O que quer que tenha acontecido com os valores da humanidade O que quer que tenha acontecido com a justiça para com a igualdade em vez de espalhar amor, nós espalhamos hostilidade A falta da compreensão, conduzindo vidas afastadas da união Esta é a razão pela qual as vezes me sinto pra baixo Esta é a razão pela qual as vezes me sinto desanimado Não é de se admirar porque as vezes me sinto pra baixo Manterei minha fé viva para o amor Pessoas matando, pessoas morrendo Crianças feridas e você pode ouvi-las chorando Você pode praticar o que você prega? E mudar sua personalidade Pai, pai, pai nos ajude Nos mande alguma orientação do céu Porque as pessoas me tem, elas me tem questionado Onde esta o amor? (Amor) Onde está o amor? ( O amor) Onde está o amor? ( O amor) Onde está o amor O amor, o amor.

Onde está o Amor? (Poesia)
As dores do mundo
De um sofrer bem lá no fundo,
cansado de lidar com o ser humano ruim,
parece até que as dores do mundo,
tão cruéis, caíram sobre mim.Ainda sonho com o mundo que eu quis.
Sem homens perversos, nem tanta dor.
Algum lugar em que se possa ser feliz
onde crianças e velhostenham respeito e amor.Este mundo de ilusões perdidas,
onde todos procuram um pouco de paz,
só existe na dor, na espera sofrida,
buscando um pouco de guarida.Somente o peso dos desenganos.
Na agonia de ver passar os anos,
sem nada encontrar que nos compraz,somente as dores do mundo e nada mais.
Nessa atividade Poesia na Música, conseguimos trabalhar a percepção que cada autor tem do mesmo tema e identificarmos as semelhanças e diferenças na estrutura de cada texto quanto à forma, à clareza, à rima das palvras e a beleza das mesmas.
Cada professor adaptou atividades e temas diversificados de acordo com a turma e a série em que trabalham.

Relatório : Objetivos de Leitura. Escolha de Textos.




Lemos para obtermos informações, aprendermos sobre determinados assuntos, analisarmos dados, divagarmos e fugirmos da realidade.
De uma forma ou de outra, os professores de todas as áreas trabalham com a fantasia, a imaginação e o lúdico. As escolhas de textos são feitas conforme o assunto que nos interessa ou conteúdo que está sendo trabalhado.
O conhecimento sobre leituras, aliadas e unidas à prática de sala de aula proporcionam que o professor diante de uma atividade possa refletir e encaminhá-la ou redirecioná-la para o que se pretende.


LEITURA & PROCESSO DE ESCRITA


Na sequência, foi entregue para cada cursista o conceito dos tipos de leitura: Objetiva, Inferencial e Avaliativa. Eles nunca tinham ouvido falar sobre esse assunto, mas com explicação e exemplos entenderam e obteram um ótimo resultado nas atividades práticas. A seguir uma das atividades propostas para trabalhar os três tipos de leitura. Música Louco, do Simple Plan, a qual trabalha diversos assuntos em que a sociedade atual está inserida.
(Letra da música) Me diga o que há de errado com a sociedade quando todo lugar que olho eu vejo garotas jovens morrendo para estarem na TV. Elas não pararão até elas alcançarem seus sonhosPílulas dietéticas, cirurgiasFotos ''photoshopadas'' nas revistas Dizendo a elas como deveriam ser. Isso não faz sentido para mim[Refrão]Está todo mundo ficando louco? Alguém vai me salvar? Alguém pode me dizer o que está acontecendo? Me dizer o que está acontecendoSe você abrir os olhos você verá que algo está errado. Eu acho que as coisas não são mais como costumavam ser. Não há mais famílias normais, pais agem como inimigos fazendo as crianças se sentirem como se estivessem na 3ª Guerra Mundial. Ninguém se importa, ninguém está lá. Eu acho que estamos todos muito ocupados. Dinheiro é nossa primeira prioridadeIsso não faz sentido para mim[Refrão]Está todo mundo ficando louco?Alguém vai me salvar?Alguém pode me dizer o que está acontecendo?Me dizer o que está acontecendoSe você abrir os olhos você verá que algo está erradoEstá todo mundo ficando louco?Está todo mundo ficando louco?Me diga o que há de errado com a sociedade quando todo lugar que olho eu vejo caras ricos dirigindo grandes SUVs, enquanto crianças estão passando fome nas ruas. Ninguém se importa, ninguém gosta de dividir. Eu acho que a vida é injusta, está todo mundo ficando louco?Irá alguém me salvar?Alguém pode me dizer o que está acontecendo?Me dizer o que está acontecendo? Se você abrir os olhos você verá que algo algo está errado. Está todo mundo ficando louco?Alguém pode me dizer o que está acontecendo?Me dizer o que está acontecendo? Se você abrir os olhos você verá que algo está errado.
Atividade realizada pelos cursistas Alvanete, Eládio e Inelde. Leitura objetiva sobre a letra mencionada acima: A convivência familiar e a influência da mídia nos adolescentes. Inferencial: A falta de diálogo nos lares, o não conhecimento e a falta de interpretação que a mídia passa. Avaliativa: O individualismo na sociedade, a preocupação do ter e não do ser, não esquecer de viver a vida, dar valor para quem está próximo.

TIPOLOGIA TEXTUAL


Sintetizamos os tipos textuais. Alguns professores não tinham conhecimento do Preditivo e Injuntivo. Já haviam trabalhado, mas não usavam essa nomenclatura. Após orientações e atividades práticas, puderam compreendê-los e diferenciá-los.
As estratégias utilizadas em sala de aula foram diversas. Sobre a descrição, um grupo de alunos saiu da sala sob orientação do professor, cada um do grupo recebeu um objeto diferente e tiveram que descrevê-lo para os colegas, sem o objeto presente. Os colegas tentavam adivinhar sobre o que estavam falando. Na atividade narrativa, a turma foi dividida em pequenos grupos, onde cada um deles recebeu três palavras e tiveram que produzir um texto envolvendo todas elas. Os demais tipos textuais também foram trabalhados, explicados e exemplificados. Aquelas aulas tradicionais onde o professor atribuia um título e os alunos escreviam sobre ele, independente do tipo textual, foram substituídas por aulas mais dinâmicas e envolventes sem deixar de lado o conhecimento teórico.
Dessa forma o aluno precisa opinar, analisar, participar junto com o grupo e isso resulta numa troca de conhecimento e aprendizado muito maior.
As maiores dificuldades encontradas para fazer uma aula diferenciada foram as conversas paralelas, pois toda produção precisa de concentração, mas com o auxílio do professor orientador obteu-se um bom resultado. O que dificultou um pouco também, foi ter que encaixar em um texto, três palavras completamente diferentes uma da outra e que desse sequência à uma história coerente. Isso possibilitou a eles responsabilidade, atitude, dedicação, troca de conhecimento e liderança, vistos como pontos positivos.

Relatório TP3



Trabalhamos as unidades 9 e 10 da TP3, explicando e exemplificando a parte teórica sobre Gêneros Textuais. Os professores sabiam diferenciar a maioria dos gêneros textuais, mas houve dúvidas sobre alguns textos ao fazerem as atividades práticas. Orientamos e esclarecemos a dúvidas que surgirma no decorrer da tarde.
Conforme solicitação do portfólio, os professores nos entregaram. Foi produzido o memorial da vida acadêmica de cada cursista.
Durante as produções individuais, os professores relembraram e refletiram o tempo em que eram alunos. Vários foram os títulos dados aos memoriais: Amo a Escola, Belas Recordações, A Importância da Alfabetização, Memórias, Inéditos e Dispersos, Eu e a Escola, Minha Escola Ontem e Hoje, Faz Bem Ler, Como Era Minha Escola, Mundo Estranho, Minha Vida de Leitor e Escritor, Contrapontos, Mi Recuerdos. Como disse Irene, uma das cursistas, a preocupação na época em que ela estudava era aprender o código alfabético, a compreensão da leitura era uma consequência.
Atualmente muitas são as angústias dos professores. Eles relatam o descaso dos alunos e da família para com os estudos e a escola, a indisciplina está cada vez mais acentuada, não há limites por parte de alguns alunos. Os professores estão desmotivados, pois preparam suas aulas, diversificam-as com frequência, mas o interesse por parte dos alunos é muito pouco.
A atividade de reescritura e reestruturação de texto foi positiva. Os alunos através de gravuras criaram uma história, onde um colega registrava o texto coletivo e, após, foi feito a reescritura junto com a turma. Muitas gírias e incoerência de frases foi observado. Ao revisar e reestruturar o mesmo, puderam analisar e corrigir os erros mais pertinentes.
Os trabalhos desenvolvidos nessas unidades foram: Biografia, Fábulas, atividades referentes aos gêneros textuais, Literatura de cordel, Provérbios e atividades relacionadas ao trabalho e concepção. As turmas contempladas foram do 5° ao 8° ano.
Pontos positivos de algumas turmas, foi enfrentar a timidez, expor suas idéias oralmente, colaborar na reestruturação e produção da referida atividade. Ponto negativo foi o pouco tempo para realizarem as atividades propostas.